21 de jan de 2011

BEM OU MAL?

          O bem e o mal. O que viria a ser essas duas palavras? Ou, o que viria a ser estes dois sentimentos? Ou, o que viria a ser estes dois comportamentos? Seriam espirituais? Seriam da psique do homem? Ou simplesmente desejo? São intrínsecos à natureza humana? Parte da criação dos pais e de suas experiências para com seus filhos? Ou seja, vem do berço de cada um? Famílias destruídas, metidas em confusão constantemente uns com os outros? Do meio em que vivem? Da situação financeira em que cada um se encontra? Isso é difícil de saber por que existem casos de pessoas que viveram em locais difíceis, com vida financeira abaixo do padrão de sobrevivência que se tornaram grandes pessoas e profissionais, enquanto outros possuem do bom e do melhor e são verdadeiros marginais.
            Muitos não aceitam a questão de uma batalha travada pelo bem e pelo mal. Muitos não aceitam que há uma influência benigna que se chama Deus e que parte de Deus as influências benignas, capazes até de mudar comportamentos antes maldosos para comportamentos extraordinários, de causar espanto até nas pessoas que os conheciam. E também, muitos não aceitam a questão de uma influência maligna junto àqueles que o fazem e que parte do assim chamado Diabo e seus demônios.
            Já outros muitos crêem que há sim a influência direta destas duas forças no universo, acarretando o comportamento de muita gente. Como por exemplo, os religiosos do islamismo, cristianismo, budismo, espiritismo, zoroatrismo, judaísmo e por aí vai. Mas muitos crêem ainda que não há estas duas forças lutando entre si, visto que o próprio Deus está sendo complacente com aqueles que precisam escapar de uma condenação eterna e por isso ainda não destruiu por completo a Satanás ou o Diabo e seus anjos caídos. Ou seja, o mal já está destruído na pessoa de Cristo.
            Uma pessoa, independente de ser religiosa ou ateísta que pratica crimes contra a humanidade em geral, do âmbito mais simples ao mais complexo, não podemos classificá-lo como uma pessoa de bem. Podemos dizer que ela, a pessoa, é má e que sua índole é má. O que a fez ser uma pessoa má? Que tipo de problemas essa pessoa enfrentou ou sofreu para que chegasse a tal ponto? Falta de amor? De conhecimento do que é certo ou errado? Quando uma pessoa está praticando maldade ela sabe e conhece a verdade que o que está fazendo não é correto. Por que então as pratica? O pior é que, aquele que pratica um ato maldoso, sempre projeta para algo ou alguém a culpabilidade de seus atos. E nunca para si mesmo.
            Outra pessoa, também da mesma forma que procura sempre praticar o que é correto, podemos classificá-la como de índole boa. Sem vícios do mal. Conhece o que é correto e o pratica. Busca o seu crescimento e mantém-se sempre firme na direção certa cumprindo todas as leis. Agora, esse mesmo, quando responde mal a seu filho ou à sua esposa, ou se comporta inconvenientemente no trânsito, no trabalho, na pressa em não ajudar mais um mendigo que o pede algo, não estaria também praticando o mal?
            Onde quero chegar? Muitos não acham que o bem e o mal são intrínsecos do ser humano, ou seja, que possa ser do íntimo da pessoa, que possa vir do coração.
Creio que ambos são intrínsecos sim e estão juntos e por uma consciência limpa e mais tranqüila e uma vida menos cheia de conseqüências desastrosas, fica mais fácil se direcionarmos nosso pensamento às coisas boas, esquecendo-nos do que é ruim. Independente de crenças ou não. Hoje posso dizer que mesmo longe da religião sei que insisto em efetuar o que é correto e bom. Somos capazes disso, por que conhecemos o que é verdade, o que é certo e o que é mentira ou engano. 
Todos nós aprendemos todos os dias. Basta apenas realizarmos. E não custa nada.

2 comentários:

  1. Gostei do texto.
    Praticar o bem é algo que parte da pessoa e não depende de religião.O mesmo ocorre em relação á prática do mal.

    =)

    ResponderExcluir
  2. Gostei do texto!
    Praticar o bem é algo que parte da pessoa e não depende de religião. O mesmo ocorre em relação á pratica do mal.

    =)

    ResponderExcluir

DEIXE SEU COMENTÁRIO.
EXPRESSAR OPINIÕES NÃO É CRIME, SER MAL EDUCADO, SIM.
COMENTÁRIOS SEM LÓGICA OU COM PALAVRÕES OU MESMO COM OFENSAS PESSOAIS SERÃO APAGADOS POR ESTE BLOGGER.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...