23 de out de 2010

DEI MEU ADEUS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

O título é bem apropriado para essa nova fase.
Dei adeus às correntes religiosas e denominacionais.
Dei adeus às mentiras proféticas e profetadas imbecis proveniente de profetas imbecis que não sabem o que dizem e falam coisas imbecis que nem mesmo Deus mandou dizer.
Dei adeus às brigas denominacionais e suas doutrinas absurdas, divergentes, suas pregações absurdas e à concorrência absurda de quem é melhor e de quem chegará primeiro ao paraíso e que somente dentro delas é que se encontra a salvação. Salvação de quê?
Dei adeus aos homens, suas vaidades e egoísmo que só causam divisões dentro das igrejas. 
Dei adeus ao bate boca dos que acham que possuem a verdade em cada língua.
Dei adeus à igreja por achar que ela estava me levando para um buraco sem fim, por ver que estão fazendo bagunça dentro dela e conduzindo como querem.
Dei adeus à pregações falando de fé e de amor ao próximo, onde na verdade só conta o que você tem para oferecer.
Dei adeus aos chamados cultos por ver que são mais reuniões sociais do que propriamente adoração a Deus.
Dei adeus às traduções da bíblia de acordo com a vontade dos homens e que só no  livro do Apocalipse existem mais de 3.000 interpretações e homens loucos ficam matando a si mesmos e a outros. Criando leis e tratados do fim dos dias.
Dei adeus a querer achar que só a minha religião é que é a certa e a dos outros não presta. Dei adeus às religiões. Adeus.
Dei adeus ao medo, à côrte, à masmorra que possam querer me jogar, à prisão, ao julgamento, aos acusadores, famigerados homens.  Não devo nada à ninguém. Nenhum de vocês.
Dei adeus às ameaças.
Dei adeus ao milênio, à tribulação, à predestinação, ao livre arbítrio, ao arminianismo, calvinismo, ao pentecostes, batismo, neo pentecostalismo, G12, Teologia da prosperidade.
Dei adeus aos loucos gritando no meio da igreja achando assim que são mais espirituais do que os outros. Achando que estão recebendo algo, que na verdade não recebem nada, basta ver como andam suas vidas fora da igreja.
Dei adeus a esses espírituais.
Dei adeus à orações que na verdade pude ver que não me levavam à nada, somente à uma quietude temporária e que logo caia no medo e voltava a orar.
Dei adeus ao sobrenatural.
Dei adeus ao compromisso domingueiro de ter de sair de casa à noite.
Dei adeus a falta de respeito aos princípios e convicções dos outros, mesmo que sejam religiosos ou sem religião. À falta de respeito ao Deus dos outros ou àqueles que não perdem tempo acreditando em um Deus (deus). Cada um viva com o deus que achar verdadeiro e cada um viva com a vida que achar que deve viver.
Dei adeus às trocas de insultos entre os grandes representantes denominacionais.
Dei adeus ao roubo dos dízimos. Das falcatruas contabilistas igrejanas. Da busca de poder. De pastor querendo ser político achando que vai mudar o mundo. De pastor pedindo voto para candidato fulano de tal como se a gente fosse ignorante e tapado.

Dei adeus ao místico, dogma religioso. Adeus.


Só não dou adeus a Deus, pois sei que há um.
Aos homens mentirosos, vestidos de reis, castelos de cartas marcadas, de corações reacionários, aniquiladores de multidões: ADEUS.

Pronto, falei!!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...