28 de jan de 2012

PREOCUPAÇÃO PESSOAL - SALVAÇÃO

Estou hoje com 44 anos e estou passando por uma grande dúvida em minha vida: que livro devo usar como sagrado para a minha vida? Tenho medo de morrer e não encontrar ao deus verdadeiro no qual devo morrer em suas mãos para ter uma vida eterna maravilhosa.
Gostaria de saber, pois todos se admitem sagrados e com aprovação de deus (Deus) ou de seus principais profetas:
Os Vedas dos hindus? A Bíblia dos cristãos? A Torá, o Talmude, a Mishná, a Tanakah, o Zoar e a Cabala dos judeus? O Corão dos islâmicos? O Guru Granth Sahib dos sikistas? O Livro dos Mortos dos mórmons (inclusive afirmam que Jesus apareceu em sua sede nos EUA)? O Livro dos Espíritos de Alan Kardec ou kardecistas ou espíritas? O Zend Avesta ou o Avesta do Zoroatrismo (inclusive é a primeira religião monoteísta que apareceu, muito antes do cristianismo e as outras)? O Tattvartha Sutra do jainismo? O Kitab-i-Aqdas do Baha-í? O Kojiki do xintoísmo? Ou o Kebra Negast do movimento rasta da Jamaica? Todos se afirmam sagrados por revelação divina.
Agora se dizem que há um só deus e que todos possuem uma revelação divina, por que cada uma fala diferente daquilo que uma religião escreveu ou prega ou ensina ou diz que é certo? Se vieram de um só deus, por que cada um não aceita o livro sagrado do outro como certo? Ao contrário, dizem que o livro sagrado do outro é mentira e que o seu é o único correto. Baseado em que eles podem afirmar isso? 
São perguntas básicas que se faz há muito tempo e ninguém resolve ou mesmo responde, nem os religiosos de plantão. E se eles vierem vão falar a mesma coisa: o meu é o mais correto e blá, blá, blá.
Nunca tinha visto por este ângulo e achava que a bíblia dos cristãos era o único livro correto e condenava os outros. Percebi que não tenho este direito porque não me cabe dizer isso quando se faz uma análise, como diz o meu amigo Altamirando Macedo, "sem a viseira", mas como todo ser humano precisa de uma muleta, já estou querendo a minha, pois percebo que minha idade está avançando no tempo. 
Obrigado pelas sugestões que aparecerem.

24 de jan de 2012

HIPOCRISIA

Uma senhora que se diz cheia do amor de deus em seu coração e afirma que o amor de deus é perfeito, vira para seu filho e diz: "Não quero você fazendo engenharia civil, pois não aceito você falando com peão de obra".
Acredita nisso? Será que essa senhora está de sacanagem?
Já sei, os religiosos de plantão vão dizer: ela não é uma cristã convicta e nem realmente tem deus no coração e blá, blá, blá, blá, blá, blá.
O pior é que falou na minha frente, imagino o que rola por entre os bastidores: mesquinharia e hipocrisia aberta (ou fechada?). Ainda dizem que quem atua é o espírito santo, desse jeito está mais para espírito de porco (desculpem os palmeirenses) do que santo.

VOLTANDO AO BLOG, QUEREM ME CALAR.

Vou voltar ao meu cantinho aqui do blog pois é meu e posso escrever o que quiser sem precisar ser incomodado por ninguém, muito menos pela minha família.
Fui inventar de mexer com os religiosos no Facebook e fui atacado por todos os lados. Acho graça cada vez que isso acontece, pois sei que no meio deles não é mais o meu lugar.
Estou estudando sobre vários fatores religiosos e se formos observar, podemos verificar como a coisa é bagunçada e há tiros e chutes para todos os lados, teorias, dogmas, brigas, discussões, guerras, concílios e etc. A coisa está bagunçada mesmo.
Já não posso mais afirmar como antigamente que exista um deus, mas se ele existe gosta de brincar com o homem e fazê-lo de besta, porque vê a tudo e nada faz, nada aplica, nada muda, não atua, não pode acabar com o mal e se pode mostra-se indiferente para com ele.
Se você coloca isso no face você está morto, o pior é que a gente tem que aguentar as mensagens deles como se fossem os donos da verdade e os melhores seres humanos da Terra.
Estou voltando para meu blog, deixa o face para lá.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...