1 de dez de 2010

TROPA DE ELITE 2

Assisti ao primeiro e não podia de deixar de assistir ao segundo.
Tropa de Elite 2 apesar da violência que é peculiar em filme policiais brasileiros e sempre demonstram o Rio de Janeiro como a central do crime, é um filme que vale a pena assistir.
Wagner Moura sempre atuando com maestria dá um show.
O tenente coronel Nascimento depois que acontece um problema na penitenciária Bangu I, vai descobrindo a lama em que está afundada a polícia do Rio: políticos corruptos que tanto beneficiam o tráfico quanto as milícias daquele lugar.
Domingo passado vi o Carlos Henrique Amorim perguntando ao secretário de segurança do Rio: Por que só agora foi deflagrada esta guerra contra os traficantes? Eu posso responder ao Paulo: - Assista ao filme Tropa de Elite 2 que lá está a sua resposta.
O próprio secretário não soube explicar no momento, depois de uma deixa do próprio Paulo Henrique, afirmou que estava esperando formar mais tropas para deflagrar esta guerra que hoje acontece. Exército e Marinha e também a Aeronáutica passam o dia todo coçando o saco, sem fazer nada. Eles tem tropas suficientes para quaisquer tipos de missões.
Sou totalmente a favor do que está acontecendo no Rio e bato palmas para a polícia. Alguém vem com "sentimento de cristão" dizer que aquilo é um absurdo, que vão morrer inocentes, querendo aparecer na mídia blogueira e que vai haver muitos mortos e coisa e tal. Em toda guerra tem inocentes que morrem e o Estado deve a todo custo se impor. É dever do Estado dar segurança ao cidadão de bem e garantir o ir e vir. Para o bem de muitos é necessários o sacrifício de alguns. Sempre foi assim e sempre será.
Espero que esta operação seja séria, não como as operações do filme que são farsa eleitoreira (se bem que a eleição já passou e os mesmos governantes estão aí e esse filme só foi mostrado depois dela) e que esse problema seja de uma vez por todas eliminado.
Agora, o coronel Nascimento me fez ver o quanto o sistema também tem dominado as igrejas e o quanto inocentes tem sido mortos, aprisionados, enganados, amordaçados, ameaçados. Já vi uma pastora levantar um dedo para um membro e dizer..."não fale nada contra mim, pois ninguém pode tocar no ungido, senão lhe amaldiçoo e te mando para o inferno".
Eu queria saber com que autoridade esse senhora manda alguém para um lugar que nem sabemos se existe e quem disse que ela não pode ser tocada? Se coloque na frente de um caminhão à 90 Km/por hora carregado, se não há possibilidade de ser tocada? Não só tocada como estraçalhada.
Tem muito dono de púlpito por aí que está querendo matar os coronéis Nascimentos, pois eles tentaram combater o sistema podre em que a igreja evangélica se meteu e quem não comer na mão deles, são jogados fora com desculpa de "divergência doutrinária".
Aos ateus chamam de filhos do diabo, rancorosos, desviados (ah, já me chamaram disso agora rsrsrs), mal amados e etc. Eles que nem no sobrenatural acreditam, chamam de filhos do diabo.
Quero ver do que me chamarão.
Não vou usar e nem devo usar a Aposta Pascal, pois para mim é totalmente sem fundamento.  Tenho certeza que estou buscando um caminho mais limpo e certo.
Palmas para os coronéis Nascimento que ainda estão por aí.

Um comentário:

  1. Miranda,

    Eu também fiz a comparação do que assisti no Tropa 2 com o "sistema" que hoje opera nas "igrejas evangélicas" - há uma inegável similaridade.

    A corruptibilidade do sistema "evangélico" em nosso pais é evidente; só não vê quem não quer ou por estar aprisionado nas teias desta aranha maligna chamada "igreja evangélica".

    Abraço

    ResponderExcluir

DEIXE SEU COMENTÁRIO.
EXPRESSAR OPINIÕES NÃO É CRIME, SER MAL EDUCADO, SIM.
COMENTÁRIOS SEM LÓGICA OU COM PALAVRÕES OU MESMO COM OFENSAS PESSOAIS SERÃO APAGADOS POR ESTE BLOGGER.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...